♡ Cole e Gabriel

Há algum tempo, o Estadão perguntou para 110 fotojornalistas qual imagem eles levariam para Marte. Cole Thompson escolheu essa:

“Este é o anjo Gabriel. Eu o conheci no pier da praia Newport, comendo batatas fritas de uma lata do lixo. Perguntei se ele deixaria ser fotografado em troca de um almoço. Fomos a um restaurante. Ele ordenou bife com cogumelos e cebolas e comeu com a mão. Eu descobri também, que ele era romeno. Ele era gentil e simples. Perguntei como eu poderia fazer contato para dividir o dinheiro, caso eu vendesse algumas das fotografias. Ele disse que eu deveria dar o cachê para alguém que pudesse usá-lo. Ele tinha tudo que precisava: uma bíblia e um colchonete.”

:

Pra ver as outras 109 fotos > Que imagem você levaria para Marte?

♡ A bailarina e a pirata

Quando eu era criança, fiz uma série de desenhos de fantasias de carnaval (de paquita, de sorvete, árvore, índio…). Os desenhos estão na casa da minha mãe e, vira e mexe, quando vou lá, dou uma olhadinha neles (♥).
Hoje relembrei deles (e do carnaval que está chegando) :)

(O meu traço, quando criança, não era assim. Esse é total inspirado no da Júlia.)

♡ Delicadeza em falta

“Holocaustos não me assombram. Estupros e trabalho escravo infantil não me assombram. Franklin, sei que você pensa o contrário, mas Kevin também não me assombra. Fico assombrada quando deixo cair uma luva na rua e um adolescente corre dois quarteirões para devolvê-la. Fico assombrada quando a moça do caixa me lança um amplo sorriso, junto com o troco, quando a minha fisionomia era apenas uma máscara apressada. Carteiras perdidas enviadas aos respectivos donos pelo correio, estranhos que fornecem indicações precisas de uma rua, vizinhos que regam as plantas uns dos outros – essas coisas me assombram.”

Trecho de “Precisamos falar sobre Kevin”, de Lionel Shriver – esse livro lindo.